22/07/2014

Para ver: O Visitante

Conversando com uma amiga outro dia, ela comentou que tinha acabo de ver um filme lindo, chamado O Visitante. Fiquei com a história que ela me contou na cabeça e aproveitei o tempo livre no último final de semana para vê-lo.

o-visitante

Ele fala sobre a vida de um professor universitário que – a contra gosto – precisa ir até Nova York, nos Estados Unidos, apresentar um trabalho. Chegando lá, ele dá de cara com duas pessoas estranhas morando no seu apartamento que, na teoria, estava fechado desde que ele se mudou para outro estado norte-americano.

Walter, interpretado pelo maravilhoso Richard Jenkins, é um professor solitário e recluso, que não tem nenhum tipo de vida social desde que sua esposa morreu e o deixou com uma casa enorme um piano (que ele tenta tocar, mas não consegue aprender de jeito nenhum).

Quando precisa ir para Nova York, ele vai completamente contra a sua vontade para apresentar um trabalho que ele não escreveu, só leu, e parece fazer o possível para a viagem, apesar de tranquila, não ser absolutamente nada além de um desvio no caminho. O problema é que chegando lá ele encontra com Tarek (Haaz Sleiman) e Zainab (Danai Gurira), um casal de imigrantes ilegais que ‘alugaram‘ o apartamento do professor. Na confusão do ‘vamos sair da casa imediatamente‘, Walter se compadece dos dois e os deixa ficarem no local até encontrarem uma nova casa.

Tarek trabalha como um tocador de tambor e, pouco a pouco, ensina Walter um pouco sobre o instrumento. Ele, que é vidrado em música clássica, tem um pouco de dificuldade em aprender um instrumento tão rítmico e diferente do piano que a sua mulher amava, mas logo pega gosto pela coisa. Os dois, claro, viram amigos e mesmo com os trancos e barrancos, Walter e Zainab também.

Acontece, no entanto, que enquanto voltavam para casa um dia, Tarek é preso por ter, supostamente, pulado a catraca do metrô. Por ser ilegal, ele logo é levado para uma prisão para imigrantes, com perigo de ser deportado. Hiam Abbass entra na história como Mouna, a mãe de Tarek, que acaba também ficando no apartamento de Walter enquanto o filho está preso.

O longa é maravilhoso e eu recomendo demais vê-lo. Em tempos em que muitas pessoas trabalham para pagar as contas e nada mais, em profissões que muitas vezes não gostam, o filme mostra como até mesmo os veteranos precisam de novos ares e novas influências para se reencontrar.

O Walter ficou completamente perdido depois que a mulher morreu. Ele não vivia, sobreviva e tentava trazer o que restava dela de volta com as fracassadas aulas de piano que tinha. Tarek lhe mostrou um lado diferente das coisas, em que a música é um dos órgãos vitais da vida e que sentar para tocar tambor no parque com outras pessoas não é assim algo tão ruim.

O relacionamento dele com o Tarek é muito lindo, especialmente porque o imigrante mostrou para o Walter que é possível sim criar laços fortes com alguém depois de tão pouco tempo e que algumas coisas valem a briga. Mouna é uma personagem linda também e tem um carinho pelo filho tão grande que pensa em arriscar a própria vida que criou nos Estados Unidos para não deixá-lo sozinho na Síria, caso ele seja deportado.

Enfim, deu para perceber que eu amei, não é? Vale mesmo a pena assistir porque é uma história maravilhosa e emocionante. O diretor é Thomas McCarthy, mesmo que fez Um Olhar do Paraíso (outro filme incrível e que deve ser visto, apesar de bem forte) e ele fez um trabalho ótimo tanto na direção quanto no roteiro, que ele mesmo escreveu.

Alguém já viu e gostou?

 

Comentarios (0)
21/07/2014

Para eles: Ryan Gosling

Já que hoje é segunda-feira e todas precisamos de um pouco de inspiração para começar bem a semana, pensei que seria legal mostrar o estilo de um guapo por aqui, para variar. E o boy magya de hoje é ninguém mais, ninguém menos, que Ryan Gosling, muso da interwebs e dos nossos corações.

Por isso, se você precisa de um pouco mais de beleza na sua vida, ou quer dar umas dicas de ~múoda~ pro seu próprio boy, sente e leia este post (ou mande o link para o seu <3).

ryan-gosling-1Fotos: Just Jared

Falar de estilo de homem é um pouco complicado porque mesmo os homens mais estilosos e que eu mais gosto de seguir, quando o assunto é moda, são bem básicos. E percebam que com o Ryan não é diferente. O combo t-shirt divertida + calça escura + coturno (amo tanto que chega a doer!) é praticamente farda.

E mesmo assim, tão simples, ele consegue muito estilo, porque além de investir num uniforme próprio (todos nós temos um, não vamos negar! O meu é legging + camiseta comprida + sapatilha!) ele tem bastante atitude e segura esse visual despojado, até mesmo quando está com a calça podrinha.

ryan-gosling-2Fotos: Just Jared

No red carpet, ternos incrivelmente bem cortados e diferentões são a escolha do ator, que até mesmo já arriscou um conjunto inteiro de veludo (e, vamos combinar, ficou maravilhoso!). Isso, aliás, prova muito que mais importante do que roupas de marca são peças de qualidade, que estão de acordo com o seu corpo e o seu gosto pessoal. Dá para perceber que esses ternos e as camisas sociais foram muito bem escolhidas, se não feitas sob medida para cair super bem na silhueta dele. Caimento é tudo nessa vida, não vida?

Queria chamar a atenção para um ponto importante: sapatos. Meninos, sentem aqui, vamos conversar. Vocês podem usar com a roupa mais estilosa de todos os tempos, com qualidade e caimento top, cores incríveis, tudo nos trinques, se estiverem de tênis de academia, é um balde de água fria na cabeça na certa. Eu particularmente, gosto de homens que pensam na hora de se vestir, prestam atenção no que fica legal e isso quer dizer os sapatos também. Nada de tênis de academia fora dela, nada de Crocs (pelo amor de DADÁ!) e vamos maneirar no sapatênis, ok? O mais legal é fazer o look conversar entre si, então se é para usar tênis de academia, usem peças condizentes em uma situação social condizente, caso contrário, deixem ele em casa.

Podem reparar, mesmo com a roupa mais chinfrim da vida, Ryan está ou de coturno, ou de sapato social. Isso, com certeza, influencia demais no panorama geral de um look e, principalmente, mostra as escolhas pessoais de estilo dele, que tem uma vibe mais glamour rock’n'roll.

O que vocês acham? Gostam do jeito do Ryan de se vestir (ou dele como um todo? Rsrsrsrs)

Comentarios (0)
20/07/2014

Ronda de Links #6

Não sei se eu estava distraída demais essa semana ou se realmente a internet estava com depressão pós-Copa do Mundo (sdds!), mas foi difícil encontrar links legais para divulgar, viu?! De qualquer maneira, vamos à eles!

ronda-1
Esse é um pouco velhinho, mas vale demais a leitura: as meninas do Oficina de Estilo foram diretas em dizer que você não tem que ser bonita, ainda mais se for agradar a sociedade em que a gente vive.

ronda-2

A Lu do Chata de Galocha escreveu um texto ótimo sobre essa mania que a gente tem de ficar empurrando as coisas com a barriga, esperando passar o Carnaval, a Copa ou o que quer que seja para oficialmente começar os nossos projetos, sejam profissionais, sejam pessoais.

ronda-3

Me identifiquei demais com esse texto do Uma Boa Dose: 5 motivos pelos quais viajar acabou com a minha vida. Alma viajante que sou, não poderia concordar mais com tudo o que foi dito aí!

ronda-4

Liquidação é uma maravilha, ? Mas é sempre bom tomar cuidado, porque mais de uma as lojas apostam no bom e velho ‘tudo pela metade do olho’. No De Repente Tamy tem um post ótimo para evitar essas armadilhas.

ronda-5

O 7×1 no jogo contra a Alemanha fez o Brasil inteiro sofrer. Mas, acredite, dali tem como tirar lições importantíssimas para a nossa vida profissional, como explicou o Ricota Não Derrete.

Curtiram as dicas de hoje? Se quiserem, podem deixar sugestões nos cometários!

Comentarios (0)
17/07/2014

Look do Dia: Taylor Swift

Temos muitos problemas com a Taylor Swift, mas uma coisa é verdade: essa menina tem um streetstyle de dar inveja à qualquer uma! (inclusive eu!)

Tenho prestado muita atenção nos looks de rua dela, mas foi o mais recente que me chamou a atenção. Ela foi vista em Nova York, nos Estados Unidos, com uma roupa que eu usaria demais durante a temporada de meia estação ou naquelas dias de verão mais fresquinhos.

taylor-swiftFotos: Just Jared

O vestido estampadinho é uma graça e adorei o modelo simples, feminino e bem elegante. Gosto de peças assim e eu ando louca por um modelo com mangas mais compridas (até agora, não achei nenhum que fez o coração bater mais forte). A peça em si é bem mulherzinha mesmo e achei que ela balanceou bem o visual coma bota de cano médio e o cinto largo, ambos mais pesados. A bolsa quadradona colaborou para o lado mais glamour da produção, não acham?

Quanto a maquiagem, gostei que ela trocou o batom vermelho bem marcado por um tom um pouco mais suave e trocou só o delineado gatinho na parte de cima com um delineado mais forte em cima e embaixo dos olhos. Realmente, é uma produção que eu usaria bastante!

O que vocês acham?

Comentarios (0)
16/07/2014

A moda divertida de Kerry Washington

Vocês que seguem o Manias já sabem que eu amo Scandal, a série estrelada por Kerry Washington, da mesma criadora de Grey’s Anatomy. E foi por causa da série que eu criei um carinho enorme pela própria atriz que a protagoniza e o seu estilo bastante divertido.

Kerry-Washington-1Fotos: Just Jared

Eu tenho a sensação que a Kerry é uma daquelas pessoas que realmente usa só aquilo que gosta, sem se importar nem um pouco com o que as pessoas pensam a respeito. Por isso mesmo já foi questionada mais de uma vez pelos sites especializados em moda a respeito das suas escolhas, algumas delas consideradas bem duvidosas.

Kerry-Washington-2Fotos: Just Jared

Apesar disso, eu adoro vê-la no tapete vermelho, porque ela sempre parece muito confortável e em paz com as roupas que escolheu. Mesmo grávida, ela não abriu mão de peças mais coloridas e diferentonas. Um dos meus visuais preferidos dela, aliás, é o modelo Jason Wu que ela usou para o Oscar do ano passado. Essa cor, meio marrom (minha mãe chamaria de ‘cor de burro quando foge‘) não me agrada normalmente, no entanto, combinada com o modelo do vestido escolhido e o batom super escurão, funcionou muito bem para a Kerry.

Kerry-Washington-3Fotos: Just Jared

Além disso, tenho para mim que a Kerry tem um pouco de Lupita Nyong’o (ou seria a Lupita que tem um pouquinho de Kerry?), porque ela também gosta de usar cores vibrantes e que criam um contraste com a pele muito bonito. O vestido pink da Halston é um exemplo disso, assim como o Calvin Klein azul que ela usou quando estava grávida.

Quer outro exemplo de que ela se diverte à beça com a moda? O vestido Stella McCartney que ela usou no Teen Choice Awards. O vestido grita diversão, apesar de ter uma silhueta mais tradicional, o típico curtinho de mangas longas. Mas a estampa de boquinha e os demais apliques brincam bastante com uma produção que poderia sem bem sem graça, se você parar para pensar.

Vocês gostam dos looks da Kerry?

Comentarios (0)

Sobre o Blog

Cultura com estilo e um pouco de maquiagem! Oi, meu nome é Maki e é um prazer receber a sua visita no Manias! Aqui, você vai encontrar de tudo um pouco: beleza, moda, literatura, música, cultura geral... O que der na telha! Se você quiser entrar em contato comigo, é só mandar um e-mail para contato@maniasdemoca.com!

Facebook Twitter

Pesquise

Parceiros

Curta o Manias

Assine o Feed do Manias

 Assine o RSS do Manias de Moça